SP vai demitir dois funcionários que não se vacinaram contra Covid

São Paulo – A Prefeitura de São Paulo realizará nesta sexta-feira (29/10) as primeiras demissões de funcionários comissionados que se recusaram a tomar vacina contra a Covid-19.

De acordo com a assessoria de imprensa da prefeitura, inicialmente serão demitidos dois funcionários que ocupam cargos de confiança. Outros três trabalhadores concursados responderão a processo administrativo por não terem se imunizado e poderão ser punidos futuramente.

O prefeito da capital paulista, Ricardo Nunes (MDB-SP), havia solicitado um cruzamento de dados para verificar se servidores haviam deixado de se vacinar.