CNS abre reunião ordinária do CES Amazonas exaltando a força do Controle Social

O presidente do Conselho Nacional de Saúde (CNS), Fernando Pigatto, e a Mesa Diretora do CNS participaram, nesta terça-feira (28/09), da reunião ordinária do Conselho Estadual de Saúde do Amazonas (CES/AM), na sede da Secretaria Estadual de Saúde (SES/AM).

Ao respeitar e defender a autonomia dos Conselhos Estaduais e Municipais de Saúde, Fernando Pigatto destacou a força do Controle Social e a importância de se cobrar às autoridades, de todas as esferas de gestão, o cumprimento de direitos sociais e a defesa do Sistema Único de Saúde (SUS). “Viemos para reforçar a importância do Controle Social e destacar a necessidade de se fazer o enfrentamento às autoridades, porque é dessa forma, com respeito e diálogo, que a gente consegue fazer cumprir o nosso papel”, afirmou.

Na ocasião, os conselheiros nacionais se solidarizaram à luta e resistência do povo amazonense e relembraram as ações do colegiado em defesa desta população, durante o crítico momento enfrentado contra a grave crise sanitária e a falta de medicamentos e oxigênio, o que resultou em milhares de mortes pela Covid-19.

Recentemente, o CNS também se manifestou contra a experimentação ilegal denunciada pela Comissão Nacional de Ética e Pesquisa (Conep) do CNS, com a utilização da proxalutamida no Amazonas, que provocou a morte de 200 pessoas.

A participação na reunião ordinária do CES/AM integra a agenda do CNS durante as celebrações pela semana do Controle Social e aniversário de 30 anos do Conselho Municipal de Manaus, que será realizado na quarta-feira (29/09).

Secretaria Municipal

Na sequência, o presidente do CNS junto à Mesa Diretora, participou de reunião com a secretária municipal de Saúde de Manaus, Shádia Hussami Hauache Fraxe. O encontro presencial seguiu os protocolos sanitários contra a Covid-19 e foi realizado na sede da Secretaria Municipal de Saúde, em Manaus.

WhatsApp Image 2021 09 28 at 17.20.22

Representantes da Mesa Diretora do Conselho Municipal de Saúde de Manaus e conselheiros municipais de Saúde participaram do encontro. Em debate, as negligências do governo federal diante da pandemia, agravando a grave crise sanitária vivida na capital amazonense.

“Não é porque virei gestora que meu olhar vai mudar, eu sempre estive onde conseguia ouvir todos os setores da população, daí a importância do controle social. Este espaço é aberto para todos, é uma parceria, é andar lado a lado e de mãos dadas, porque se for diferente disso quem sofre é a população”, afirma a secretária.

A agenda do CNS em Manaus coincidirá com ação de denuncia internacional sobre o que está acontecendo no Brasil, que será realizada na quinta-feira (30/09), de forma virtual, com a Organização das Nações Unidas (ONU). A transmissão será pelo Youtube do CNS.

Ascom CNS